Ícone do site

Aumentando a confiança feminina em X passos

Autoestima basicamente consiste em uma auto avaliação que a pessoa pode fazer de si mesma. Ela é baseada em crenças, emoções, ações, comportamentos ou demais conhecimentos que tenham relação com a forma como a pessoa se identifica.

A maneira como nos enxergamos diz muito sobre como nos “auto tratamos”, como nos vemos em relação à sociedade, como nos permitimos ser tratadas (principalmente dentro de relacionamentos) e, não à toa, faz total diferença na hora de aumentar (ou diminuir) o bem estar físico e mental de todas as pessoas.

Para saber mais sobre autoestima, clique aqui.

Qual a relação entre autoestima e confiança feminina?

Quando a autoestima da mulher está positiva, ou seja, quando sua avaliação sobre si mesma é naturalmente boa, isso influencia diretamente na melhora de aspectos físicos e mentais relacionadas a si mesma, aumentando então a sua confiança feminina .

Quando a mulher se sente segura e confortável sobre quem é, seu poder, suas qualidades e coisas boas, basicamente, nada pode pará-la.

E é exatamente nesse ponto onde queremos chegar!

Por isso, trouxemos neste artigo dicas para que você, mulher, aumente sua confiança feminina em 8 passos.

Vamos juntas conferir?

Aumente sua confiança feminina em 8 passos

    1. Identifique (e faça) aquilo que te deixa feliz

A verdade é que a maioria das mulheres sabem o que lhes faz bem: seja ler um romance, ir ao cinema sozinha, passar uma tarde todinha na praia. Mas, seja por falta de motivação, de tempo ou até mesmo pelo aspecto financeiro muitas vezes essas coisas vão sendo deixadas para depois.

O primeiro passo para resgatar a confiança feminina é estar em ambientes (físicos ou não) onde você pode se sentir bem, fazendo o que ama e o que realmente potencializa o seu jeito de ser.

Sendo assim, comece a separar um tempinho para as suas prioridades.

    2. Saia do automático

Muitas vezes estamos tão presas ao automático, aos hábitos e rotinas padrões, que já temos preconceitos sobre o que é certo ou errado, seguro ou não. Deixe o automático de lado, se conscientize sobre estar feliz e plena (ou o que falta para isso) e vá em busca do que irá te trazer autoconfiança.

    3. Evite a comparação

Independentemente da idade, da condição financeira e social que você vive, a comparação só vai te machucar.

Isso porque muitas vezes temos tudo para nos sentirmos felizes e completas, mas nos sabotamos e nos condicionamos a acreditar que o sucesso só será verdadeiramente alcançado quando chegarmos a um determinado patamar ou quando nos equipararmos a determinadas pessoas.

Sendo assim, tenha a noção de que todas nós somos únicas, complexas, diferentes, cheias de pensamentos, dores, experiências e motivos para agradecer. O que faz uma pessoa bem não é o que faz a outra. Então não se compare e, assim, permita-se viver com muito mais alegria e confiança.

    4. Não se culpe

Um dos principais fatores capazes de destruir a confiança feminina é se culpar – seja por algo feito ou algo não feito. Sendo assim, deixe a culpa de lado, abrace a leveza de ser quem você é e veja a oportunidade de fazer e pensar diferente com bons olhos: afinal, isso significa que estamos melhores a todo momento, certo?

    5. Permita-se errar

Outro fator que acaba com a confiança feminina é a crença de que não podemos errar. Infelizmente isso é algo quase que exclusivamente feminino, já que as mulheres muitas vezes são condicionadas a crescerem em ambientes em que não podem falhar, não podem errar… enquanto os meninos estão sempre “recebendo novas chances” para aprenderem e aperfeiçoarem.

Perceber que errar está tudo bem também pode nos ajudar com a confiança. Faça o teste e você verá!

    6. Vista-se como você se sente melhor

Quase nada pode ser tão poderoso para a autoestima e confiança feminina como colocar uma roupa que nos faça nos sentir bem, vai dizer?

Sendo assim, aí está mais um aspecto valioso que pode fazer toda a diferença nesse resgate. E se você não sabe identificar exatamente qual é o seu estilo, deixa que a gente te ajuda. Neste artigo, conheça os 7 estilos de moda universais e descubra qual é o seu .

    7. Alimente-se bem

Parece clichê, mas a gente realmente é o que a gente come: e muitos dos hábitos que temos em relação a alimentação refletem em como nos tratamos em outros sentidos também.

Quando nossa alimentação é concentrada em alimentos gordurosos, frituras, doces e industrializados, nossa saúde se torna um reflexo dela. Por outro lado, quando vivemos uma rotina alimentar mais equilibrada, também nos sentimos melhor – além da própria saúde e bem-estar que também saem beneficiados.

    8. Pratique exercícios físicos

Quer resgatar a confiança, mulher? Aposte na prática de exercícios físicos. Não estamos falando que você obrigatoriamente precisa ir para a academia, ainda que essa seja uma opção. Se preferir você também pode fazer passeios de bicicleta, corridas, aulas de yoga, de dança, Pilates, alongamento… enfim! Algo que você realmente se identifique e faça você se sentir bem.

A prática de atividades físicas é capaz de trazer esse resgate tanto pela questão estética como principalmente pela sensação de estar fazendo algo bom consigo mesma. Recomendamos de olhos fechados!

Confie sua autoestima em quem se preocupa com ela!

A Miracle Belt é uma empresa comprometida a auxiliar você, mulher, no resgate da sua autoconfiança sem precisar ceder aos padrões estéticos excessivos da atualidade.

Nosso objetivo é exatamente o contrário: trazer confiança e segurança para as mulheres, para que se sintam ainda mais bonitas e especiais em seus próprios corpos. Não à toa, todos nossos produtos são ferramentas desenvolvidas com o objetivo de trazer resultados que vão muito além da estética, mas que podem auxiliar, sobretudo, em tratamentos pós-parto, pós-cirurgia e também para correção postural.

Bem estar corporal, autoestima e tratamentos estéticos andam lado a lado: e nós queremos te auxiliar nesse resgate. Se você gostou desse artigo e concorda com essa maneira de pensar, te convidamos a acessar o nosso site, conhecer mais sobre os produtos e ler mais artigos como esse em nosso blog.

Quem vem com a gente?

————

OBS: colei novamente o texto (igual) porque o sistema está com falha para identificar os caracteres.

Autoestima basicamente consiste em uma auto avaliação que a pessoa pode fazer de si mesma. Ela é baseada em crenças, emoções, ações, comportamentos ou demais conhecimentos que tenham relação com a forma como a pessoa se identifica.

A maneira como nos enxergamos diz muito sobre como nos “auto tratamos”, como nos vemos em relação à sociedade, como nos permitimos ser tratadas (principalmente dentro de relacionamentos) e, não à toa, faz total diferença na hora de aumentar (ou diminuir) o bem estar físico e mental de todas as pessoas.

Para saber mais sobre autoestima, clique aqui.

Qual a relação entre autoestima e confiança feminina?

Quando a autoestima da mulher está positiva, ou seja, quando sua avaliação sobre si mesma é naturalmente boa, isso influencia diretamente na melhora de aspectos físicos e mentais relacionadas à si mesma, aumentando então a sua confiança feminina .

Quando a mulher se sente segura e confortável sobre quem é, seu poder, suas qualidades e coisas boas, basicamente, nada pode pará-la.

E é exatamente nesse ponto onde queremos chegar!

Por isso, trouxemos neste artigo dicas para que você, mulher, aumente sua confiança feminina em 8 passos.

Vamos juntas conferir?

Aumente sua confiança feminina em 8 passos

    1. Identifique (e faça) aquilo que te deixa feliz

A verdade é que a maioria das mulheres sabem o que lhes faz bem: seja ler um romance, ir ao cinema sozinha, passar uma tarde todinha na praia. Mas, seja por falta de motivação, de tempo ou até mesmo pelo aspecto financeiro muitas vezes essas coisas vão sendo deixadas para depois.

O primeiro passo para resgatar a confiança feminina é estar em ambientes (físicos ou não) onde você pode se sentir bem, fazendo o que ama e o que realmente potencializa o seu jeito de ser.

Sendo assim, comece a separar um tempinho para as suas prioridades.

    2. Saia do automático

Muitas vezes estamos tão presas ao automático, aos hábitos e rotinas padrões, que já temos preconceitos sobre o que é certo ou errado, seguro ou não. Deixe o automático de lado, se conscientize sobre estar feliz e plena (ou o que falta para isso) e vá em busca do que irá te trazer autoconfiança.

    3. Evite a comparação

Independentemente da idade, da condição financeira e social que você vive, a comparação só vai te machucar.

Isso porque muitas vezes temos tudo para nos sentirmos felizes e completas, mas nos sabotamos e nos condicionamos a acreditar que o sucesso só será verdadeiramente alcançado quando chegarmos a determinado patamar ou quando nos equipararmos a determinadas pessoas.

Sendo assim, tenha a noção de que todas nós somos únicas, complexas, diferentes, cheias de pensamentos, dores, experiências e motivos para agradecer. O que faz uma pessoa bem não é o que faz a outra. Então não se compare e, assim, permita-se viver com muito mais alegria e confiança.

    4. Não se culpe

Um dos principais fatores capazes de destruir a confiança feminina é se culpar – seja por algo feito ou algo não feito. Sendo assim, deixe a culpa de lado, abrace a leveza de ser quem você é e veja a oportunidade de fazer e pensar diferente com bons olhos: afinal, isso significa que estamos melhores a todo momento, certo?

    5. Permita-se errar

Outro fator que acaba com a confiança feminina é a crença de que não podemos errar. Infelizmente isso é algo quase que exclusivamente feminino, já que as mulheres muitas vezes são condicionadas a crescerem em ambientes em que não podem falhar, não podem errar… enquanto os meninos estão sempre “recebendo novas chances” para aprenderem e aperfeiçoarem.

Perceber que errar está tudo bem também pode nos ajudar com a confiança. Faça o teste e você verá!

    6. Vista-se como você se sente melhor

Quase nada pode ser tão poderoso para a autoestima e confiança feminina como colocar uma roupa que nos faça nos sentir bem, vai dizer?

Sendo assim, aí está mais um aspecto valioso que pode fazer toda a diferença nesse resgate. E se você não sabe identificar exatamente qual é o seu estilo, deixa que a gente te ajuda. Neste artigo, conheça os 7 estilos de moda universais e descubra qual é o seu .

    7. Alimente-se bem

Parece clichê, mas a gente realmente é o que a gente come: e muitos dos hábitos que temos em relação a alimentação refletem em como nos tratamos em outros sentidos também.

Quando nossa alimentação é concentrada em alimentos gordurosos, frituras, doces e industrializados, nossa saúde se torna um reflexo dela. Por outro lado, quando vivemos uma rotina alimentar mais equilibrada, também nos sentimos melhor – além da própria saúde e bem-estar que também saem beneficiados.

    8. Pratique exercícios físicos

Quer resgatar a confiança, mulher? Aposte na prática de exercícios físicos. Não estamos falando que você obrigatoriamente precisa ir para a academia, ainda que essa seja uma opção. Se preferir você também pode fazer passeios de bicicleta, corridas, aulas de yoga, de dança, Pilates, alongamento… enfim! Algo que você realmente se identifique e faça você se sentir bem.

A prática de atividades físicas é capaz de trazer esse resgate tanto pela questão estética como principalmente pela sensação de estar fazendo algo bom consigo mesma. Recomendamos de olhos fechados!

Confie sua autoestima em quem se preocupa com ela!

A Miracle Belt é uma empresa comprometida a auxiliar você, mulher, no resgate da sua autoconfiança sem precisar ceder aos padrões estéticos excessivos da atualidade.

Nosso objetivo é exatamente o contrário: trazer confiança e segurança para as mulheres, para que se sintam ainda mais bonitas e especiais em seus próprios corpos. Não à toa, todos nossos produtos são ferramentas desenvolvidas com o objetivo de trazer resultados que vão muito além da estética, mas que podem auxiliar, sobretudo, em tratamentos pós-parto, pós-cirurgia e também para correção postural.

Bem estar corporal, autoestima e tratamentos estéticos andam lado a lado: e nós queremos te auxiliar nesse resgate. Se você gostou desse artigo e concorda com essa maneira de pensar, te convidamos a acessar o nosso site, conhecer mais sobre os produtos e ler mais artigos como esse em nosso blog.

Quem vem com a gente?

Sair da versão mobile