cinta modeladora

7 motivos para as mulheres plus size investirem em uma cinta modeladora

A cinta modeladora pode ser um grande aliado para as mulheres plus size que buscam não somente benefícios estéticos, mas também para a saúde. Confira então 7 motivos para as mulheres plus size investirem em uma cinta modeladora e porque elas voltaram a fazer tanto sucesso.

1 – Reduz a linha da cintura

O objetivo mais óbvio e imediato das cintas modeladoras, afinal, esse é seu propósito. Com elas, você tem uma mudança imediata no aspecto estético, com uma redução clara da linha da cintura.

Dependendo do seu uso, feito da forma correta e sem comprimir os órgãos internos, ela pode ajudar a modelar a cintura, tornando-a mais fina. Isso tem um excelente impacto na autoestima e na percepção que a mulher tem do próprio corpo, o que já traz diversos outros benefícios.

Mas atenção, é preciso escolher de maneira adequada o tamanho da cinta. Confira o tamanho ideal de acordo com o tamanho da cintura, para garantir que ela fique bem confortável.

  • P: Cinturas de 60 a 68 cm;
  • M: Cinturas de 69 a 73 cm;
  • G: Cinturas de 73 a 82 cm;
  • XG: Cinturas de 83 a 85 cm;
  • XXG: Cinturas de 86 a 90 cm.

2 – Ajuda a melhorar a postura e aliviar dores nas costas

Mas, se engana quem pensa que a cinta modeladora é apenas um acessório estético. Outro grande benefício é melhorar consideravelmente a postura de quem a usa.

A má postura é um problema bem sério, motivo pelo qual cada vez mais empresas buscam soluções de ergonomia nos escritórios. Passar muito tempo em uma posição inadequada pode causar sérios problemas com dores, que podem até mesmo desabilitar as pessoas.

Porém, a dor é apenas um sintoma bem incômodo no curto prazo, e no longo prazo, os sintomas podem ser mais graves, resultando em doenças como:

  • Escoliose;
  • Artrose;
  • Hérnia de disco;
  • Trombofilia;
  • Espondilose;
  • E diversos outros.

Mais um ótimo benefício das cintas é minimizar este tipo de problema. Elas naturalmente ajudam quem usa a ter uma posição mais ereta, uniforme e saudável, eliminando as dores nas costas causadas por uma má postura e evitando todas as consequências mais graves mencionadas acima.

3 – Pode ser usada na gravidez e no pós-parto

As cintas modeladoras podem ser excelentes aliadas para as grávidas e para as mamães que estão se recuperando do processo.

Mas, é claro que, no caso das grávidas, é preciso usar uma cinta especialmente projetada para isso. Usar modelos que não sejam específicos para esta situação pode ser extremamente prejudicial para a mãe e para o bebê.

Por outro lado, quando usada corretamente, a cinta pode ajudar muito a deixar a vida da futura mamãe um pouco mais confortável. Além de ajudar a manter a postura, como mencionado acima, ela ainda pode ajudar a segurar um pouco o peso extra da criança na barriga, contribuindo para um alívio muito grande das dores nas costas.

Mas, mais uma vez, garanta o uso adequado, com um modelo que não seja tão apertado, mais elástico e sem colchetes ou velcro. Assim, é mais fácil vesti-la conforme a barriga for crescendo.

4 – Ajuda em processos pós-cirúrgicos

A cinta ainda é recomendada para ajudar as mulheres plus size que estão se recuperando de algum processo cirúrgico. É muito usada em casos de cirurgias na coluna ou nos órgãos abdominais, assim como em processos estéticos como abdominoplastia e lipoaspiração, ou cirurgias para evitar o acúmulo de gordura corporal.

Assim como no caso da gravidez, é importante destacar que a cinta não deve ser muito apertada, de modo a não prejudicar a respiração, causar refluxo ou aumentar muito a pressão arterial. O objetivo é proteger a área operada, causando um menor incômodo e agilizando a recuperação.

Mais uma vez, a postura é um detalhe importante, já que esta proteção ajuda a enrijecer a postura na região operada.

5 – Pode ser usada durante boa parte do dia

Outro benefício das cintas modeladoras é que elas podem ser usadas por um período bem longo de tempo. Em situações normais, excluindo a gravidez e o pós-cirúrgico, podem ser usadas por até 8 horas por dia, sem problemas. O recomendado é usá-las apenas durante o dia, e mesmo o uso por dois ou quatro horas já pode trazer excelentes resultados.

Nos casos do pós-cirúrgico, como a cinta tem um objetivo diferente, ela pode ser usada por mais tempo, praticamente o dia inteiro, só sendo tirada para tomar banho.

6 – Pode ser usado na prática de exercícios

Para quem faz exercícios, usar a cinta modeladora pode ser bem benéfico durante a prática. Porém, também é preciso tomar cuidado. O ideal é não sentir nenhum desconforto durante a prática de exercícios físicos, por isso se a cinta estiver incomodando, deve ser interrompida.

Caso não haja nenhum incômodo, seu uso é permitido e até recomendado. Ela pode acelerar a queima de gorduras e, quando combinada com uma reeducação alimentar, pode trazer um resultado bem interessante.

Ela também ajuda na flexão e na capacidade e extensão do corpo, o que contribui para evitar lesões. Mas, é importante ter bom senso e não forçar o corpo durante os exercícios.

7 – Não marcam a roupa e não são perceptíveis

Ninguém precisa saber que você está usando cinta não é? Por isso, especialmente os modelos de maior qualidade, não dobram, não enrolam e nem marcam a roupa. Por isso, não existe o risco de outras pessoas perceberem que você está usando a cinta.

Na verdade, ela é tão confortável que nem mesmo você vai perceber. Ela não machuca, não irrita e possui dois ajustes de tamanho, para que você possa ficar ainda mais confortável durante o seu uso.

Além disso, é bem discreta podendo ser usada, sem problemas, com qualquer tipo de roupa. A cinta não vai ditar a forma como você se veste.

O que você acha da cinta modeladora? Ela pode ajudar você a modelar a sua cintura, reduzindo as suas medidas e ainda ajudar a corrigir a postura e aliviar dores nas costas. E se você está se recuperando de alguma cirurgia, o processo pode ser ainda mais tranquilo. Quer conhecer a cinta de melhor qualidade do Brasil? Então acesse o nosso site e confira os nossos produtos!