cinta modeladora

Dormir de cinta modeladora: uma atitude recomendada ou não?

As cintas modeladoras estão cada vez mais entrando na rotina das pessoas que querem ficar em forma e delinear a silhueta com praticidade e conforto. E quem já tem a sua cinta modeladora fica com aquela vontade de utilizar a peça ao máximo o possível. Mas será que dormir de cinta modeladora é uma atitude recomendada?

Essa é uma dúvida muito comum, por isso, falaremos neste texto mais sobre esse tema e indicaremos as melhores práticas para a utilização da cinta modeladora.

A ação da cinta modeladora

Quem já conhece e usa as cintas modeladoras sabe bem que há muitos benefícios em ter uma.

Os principais motivos apontados por quem não deixa de usar são que ela promove o afinamento da cintura, auxilia no combate as celulites e contribui com a melhora da postura. E tudo isso é realmente possível de se conseguir com a utilização correta desta peça.

E os resultados são tanto imediatos, quanto a longo prazo.

Assim que a pessoa coloca a cinta, a silhueta já é remodelada na hora. Isso acontece porque o elástico do tecido comprime levemente as gordurinhas as reorganizando para outros lugares.

Ao tirar a cinta as células de gordura voltam para o local em que estavam, pelo menos até o a próxima vez em que a cinta for colocada.

Mas, após algum tempo de uso continuo e rotineiro da cinta modeladora, essas gordurinhas se acostumam com os novos lugares o que causa um efeito de cintura mais fina mesmo depois de tirar a cinta.

Posso dormir com a cinta modeladora?

Então, você pode pensar que já que é assim como mencionamos acima que ela funciona, quanto mais tempo passar com ela melhor, não é?

Portanto, dormir com a cinta seria a melhor das ideias para chegar à cinturinha fina. Mas preste atenção nas indicações abaixo, pois não é bem assim que funciona.

A prática de sempre dormir com a cinta modeladora não é recomendável e há motivos para isso.

Redução da eficácia

Para que a cinta modeladora possa promover o resultado esperado ela necessita que o corpo esteja em movimento.
Durante a movimentação do corpo a pressão que o tecido provoca nas células de gordura faz com que elas mudem de lugar e a silhueta pareça mais fina. Isso também promove uma renovação da pele.

Durante o sono ficamos praticamente imóveis e isso faz com que a cinta modeladora tenha uma redução na sua eficácia.

Pausa para a limpeza

Também é recomendado que a cinta seja higienizada diariamente. Portanto, a hora de dormir é o momento ideal para realizar a limpeza.
A indicação é feita pois, durante o dia a cinta pode acumular suor que é causado pelo uso. Embora o tecido seja feito para ser fresco e permitir que a pele respire livremente e o suor não se acumule no corpo, o suor poderá se acumular na peça e com o tempo, sem a correta higienização, pode causar irritações na pele.

Sono tranquilo

Se por ventura alguma movimentação mais brusca for feita durante o sono a cinta pode incomodar, e a pessoa que está utilizando acordará. A qualidade do sono é fundamental para a nossa saúde, por isso quaisquer fatores que venham a atrapalhar uma boa noite de sono devem ser extintos.
O uso da cinta durante a noite, além de causar danos ao sono pode atrapalhar no funcionamento do diafragma, causar azia, má digestão e prisão de ventre.

Utilização correta

A cinta modeladora é indicada para ser usada diariamente enquanto a pessoa estiver acordada, recomenda-se que seja utilizada por em média de duas a quatro horas por dia, atentando-se para nunca ultrapassar o limite de no máximo oito horas por dia.
Assim, o corpo vai se acostumando aos poucos com seu novo formato e o resultado é mais bonito e duradouro.
Vale lembrar que a cinta é recomendada e traz excelente benefícios no uso pós cirúrgico, pós-parto e pós-lipoaspiração de acordo com as recomendações do seu médico.
Além disso, ela corrige a postura e alivia grande parte das dores nas costas, que são de origem de um mau posicionamento da coluna.

Sem exageros

É importante saber que embora a cinta modeladora seja confortável e muito discreta, não utilizar sem interrupção que vai trazer o resultado, mas sim fazer o uso frequente e correto.
Aliás, é preciso respeitar a indicação do máximo de oito horas diárias para não sofrer algum efeito contrário ou indesejado.
Utilizar a peça corretamente é muito vantajoso, mas o exagero do tempo de uso, ou deixá-la mais apertada do que deveria pode acarretar em problemas de respiração e até gerar flacidez da musculatura abdominal.
O uso da cinta, que é apertada, se for feito de forma indiscriminada ou por períodos muito longos pode causar também problemas respiratórios ou de circulação, principalmente para pessoas que já possuam alguma doença preexistente ou predisposição para alguma dessas doenças.
A pele também pode sofrer danos causados pela compreensão extrema e prolongada que causa a falta de irrigação vascular.

Conheça e experimente

Portanto, não é recomendado dormir com a sua cinta modeladora. E para que ela traga todos os benefícios que é capaz de oferecer, ficar com a silhueta fina e manter a saúde é preciso seguir as orientações dos fabricantes.
Ou seja, para utilizar por debaixo daquela roupa especial, para um evento muito importante e de cara já ter aquele efeito imediato de cinturinha fina, ou, para usar da forma correta e adequada diariamente a fim de adquirir a postura e a modelagem de silhueta a longo prazo que você tanto almeja, a cinta modeladora é uma ótima indicação.
O tecido do qual a cinta modeladora é feita é de alta compressão e tem um caimento muito confortável que não dobra e não enrola, ou seja, não marca a roupa.
A peça também foi especialmente desenvolvida para comprimir corretamente, portanto, não machuca.
Se você tem outras dúvidas sobre o uso ou a eficácia da cinta modeladora, aqui no blog você encontra mais textos que podem lhe ajudar.
Não perca mais tempo, acesse nosso site e conheça todos os nossos modelos e as suas especificações e garanta já a sua.