cinta modeladora

Passo a passo para aumentar sua autoestima

A autoestima é o valor que cada pessoa dá para si mesma, seja negativa ou positiva, a partir de um conjunto de fatores, tais como: emoções, crenças, comportamentos, convivências e qualquer outro tipo de conhecimentos próprios.

Ela é muito importante para o bem-estar, tanto físico, quanto o mental, sendo refletida em todos os aspectos das nossas vidas.

Existem algumas maneiras de aumentar a autoestima, com algumas atitudes e mudança de hábitos, que ao longo do tempo, vão te ajudar a melhorar.

Separamos aqui, alguns passos para que isso seja possível. Confira!

1. Não se sinta culpado

O sentimento de culpa é um dos grandes “vilões” para que as pessoas tenham uma sensação de baixa autoestima. Os motivos variam de acordo com as vivências e expectativas de cada um, mas em linhas gerais, é a sensação de não estar fazendo algo para melhorar.

Por isso, é muito importante se livrar desta sensação, para que a convivência com os seus pensamentos se torne mais leve. Lembre-se que, ao agir com o sentimento de culpa, você apenas está se sabotando.

Todos os momentos são oportunidades de mudar e andar em uma direção diferente.

2. Seja realista

É comum termos grandes planos para o futuro, como comprar a casa dos sonhos ou mesmo realizar aquela viagem tão sonhada, mas ter essas metas altas demais, também são fruto de frustração, ao passo que vemos que não serão concretizadas no prazo que estabelecemos.

É importante ter objetivos maiores, mas também devemos criar metas realistas a curto prazo, para que as pequenas conquistas sejam celebradas, mas também nos deem motivação para alcançar coisas cada vez melhores.

Por exemplo: se você entende que precisa perder 20 quilos para ficar bem com o seu corpo, não adianta tentar chegar nesse número em duas semanas e desistir. Por isso, é interessante pensar em perder um pouco por semana, para enfim chegar ao objetivo final.

Dessa forma, a sua autoestima é preservada e ganha força com as pequenas vitórias do dia a dia.

3. Evite se comparar a outras pessoas

Olhar para a situação, ou mesmo para a vida, das pessoas à nossa volta, muitas vezes é motivo de achar que a nossa está sempre atrás, deixando a sensação de que estamos fracassando.

Esse tipo de situação se potencializa nos tempos atuais, principalmente com o uso constante das redes sociais, que mostram apenas o que queremos mostrar e não a realidade, dando a impressão de que a vida alheia é sempre melhor do que a nossa.

Essa visão da vida dos outros, fatalmente acaba afetando a maneira com que você vê a sua, abalando a sua autoestima.

Por isso, não acredite em tudo o que vê na internet ou na fração do dia que conhece dos outros. Valorize as suas próprias conquistas, comparando apenas a situação que você se encontra, com a que você mesmo se encontrava.

4. Faça exercícios regularmente

Manter o corpo em movimento mexe com vários aspectos da nossa vida, afinal, é uma atitude que indica que você está investindo no seu bem-estar, tanto físico, quanto mental, tendo uma relação direta com o autocuidado.

Além disso, ao realizar exercícios de maneira regular, faz com que o nosso corpo aumente a produção de serotonina, que é o hormônio responsável por nos proporcionar a sensação de felicidades, calma, foco e estabilidade emocional.

Junto disso, se exercitar também ajuda o nosso organismo a se liberar de certas toxinas, fazendo com que nosso corpo fique mais saudável, conforme o tempo e a prática passam.

Acesse o nosso blog e veja como fazer exercícios, mesmo estando em casa.

5. Seja sincero consigo mesmo

Ter autoestima passa por saber e entender o que você faz bem, assim como admitir e buscar melhorar nas coisas que tem problemas para executar, independente do que seja.

É importante manter o equilíbrio em relação a cada ponto forte e cada ponto fraco, sem se cobrar de forma exagerada e desproporcional, evitando atitudes narcisistas, mas também sem se abalar em qualquer situação de dificuldade.

Aliado a esse pensamento, foque em atividades que realmente te faça se sentir confortável. Pode ser um esporte, aprender alguma atividade nova, participar de um grupo de estudos etc.

Essa é uma boa saída para aqueles dias frustrantes, servindo como uma válvula de escape para aumentar a sua autoestima.

6. Viva o momento

Pensar no que já deu errado, ou mesmo sofrer por antecipação, são coisas das quais não temos controle. Por isso, é fundamental viver cada momento, apreciar e curtir o que está acontecendo agora.

Fazendo isso, você pode se concentrar em melhorar agora, sem ficar martelando o que já passou, assim como deixa de se penalizar por alguma coisa que, talvez, nem venha a acontecer.

É preciso ter paciência, pois a autoestima é algo que precisa ser cultivado, mas que vale a pena conquistar. Por isso, busque as pequenas alegrias do dia a dia, para que no fim dele, você tenha boas lembranças para pensar.

7. Fique perto de pessoas que te fazem bem

Parece óbvio, mas pense há quanto tempo você não visita aquele amigo de anos, ou há quanto tempo não sai com um grupo que gosta de conversar. Saiba que os momentos em que estamos próximos de quem gostamos, têm um efeito positivo em nós.

Ficar próximo de quem gostamos, ajuda a melhorar a nossa autoestima, já que se trata de pessoas que, de modo geral, querem o seu bem e gostam de você “de graça”. Elas que vão te lembrar, mesmo que sem querer, da pessoa que você realmente é.

Isso potencializa a nossa sensação de bem-estar, criando ainda mais momentos bons, que vão servir para esquecer dos problemas, mas também para viver novas coisas boas, ajudando nesse processo de recuperação da autoestima.

Ao seguir os passos citados acima, você estará investindo em se autoconhecer e se gostar cada vez mais, conquistando cada vez mais uma imagem positiva própria e do ambiente ao seu redor, atraindo cada vez mais coisas boas para perto, assim como afastando as coisas ruins.

Nós podemos te ajudar a conquistar a autoestima que tanto busca.

Acesse o nosso site e veja mais sobre os nossos produtos.