cinta modeladora

Passo a passo para você perder barriga

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 26,8% da população com 20 anos ou mais é considerada obesa. Entre as mulheres o problema é ainda maior: 30,2%. Entre os homens o número é de 22,8%.

O avanço da obesidade entre os brasileiros tem como causas os maus hábitos alimentares, a tendência genética, o histórico familiar e até a modernidade, que permite a uma pessoa nem precisar levantar mais do sofá para trocar de canal.

Há quem pense que a preocupação com a quantidade de gordura no corpo seja meramente estética e resultado de padrões de beleza socialmente impostos, o que é um equívoco, pois a obesidade gera sérios riscos à saúde.

Entre os perigos do excesso de peso estão maior propensão a desenvolver hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, artrose, pedra na vesícula, artrite, refluxo esofágico, cansaço e tumores de intestino e vesícula.

Preparamos algumas dicas com um passo a passo para perder barriga, conquistar um corpo mais harmonioso e, principalmente, bem mais saudável.

Gaste mais calorias do que consome

Para eliminar gordura é preciso suar a camisa por meio de atividades físicas. Mas não adianta se esforçar tanto em um exercício e depois comer exageradamente. Você vai ter jogado fora as horas que passou na academia.

Para emagrecer é preciso gastar mais calorias do que consome. Se são gastas 2000 mil calorias diárias com exercícios físicos e atividades cotidianas (como subir escadas ou caminhar até o ponto de ônibus), a ingestão calórica por dia deve ficar abaixo desse valor para gerar o déficit necessário para perder peso.

Corte o fast food e o açúcar

Afaste-se das frituras, salgadinhos, massas e refrigerantes. Sim, tudo isso é gostoso, porém, são alimentos muito calóricos e que levam ao aumento de gordura corporal, por isso, devem ser evitados se o objetivo é perder a barriga.

Retirar esses alimentos da dieta vai dificultar o acúmulo de gordura no abdômen e prevenir problemas como colesterol e doenças cardiovasculares.

Já o açúcar é um ingrediente que provoca aumento da barriga porque promove um desequilíbrio na flora intestinal, o que reduz a quantidade de bactérias benéficas e eleva o número de microrganismos que distendem o abdômen.

Aumente o consumo de fibras

A ingestão de alimentos fibrosos como a aveia, legumes e produtos integrais proporciona uma maior sensação de saciedade, com isso, a pessoa tem a possibilidade de comer menos e demorar mais tempo para sentir fome.

Uma dica para começar a introduzir as fibras na dieta é sempre adicionar um pouco em cada refeição. A aveia pode ser colocada no leite ou no iogurte, enquanto a chia, a linhaça e o gergelim combinam com saladas ou frutas.

Escolha um exercício que te agrade

Vai ser muito difícil combater a obesidade sem realizar atividades físicas, porém, há pessoas que odeiam frequentar uma academia de musculação, por isso, se matriculam, vão alguns dias, ficam entediadas, desanimam e desistem.

Praticar um exercício não deve ser uma tortura, ainda mais porque há uma infinidade de possibilidades e vai ser difícil não encontrar alguma que te agrade. Escolheu algum esporte que gostou? Agora crie um horário para ele em sua rotina até que ele se torne um hábito, um compromisso fixo na agenda.

Acesse o site e confira mais notícias e dicas para melhorar sua saúde.