cinta modeladora · pós parto

Por que o uso de cinta modeladora é importante após uma cirurgia?

Se você passou por qualquer processo cirúrgico, a preocupação com a recuperação é uma grande prioridade. Por isso, é preciso descansar e seguir à risca as orientações do médico. Além disso, dependendo do caso, existem certos acessórios que podem ajudar. Para as cirurgias de estômago, por exemplo, confira por que a cinta modeladora é tão importante após uma cirurgia.

O que é a cinta modeladora?

Para quem não sabe, a cinta modeladora é um acessório que vem ganhando cada vez mais adeptos, especialmente entre as mulheres. É muito usada para o objetivo de conseguir uma cintura mais fina pois, como o nome indica, essa cinta permite modelá-la melhor, além de melhorar a aparência, escondendo os excessos de gordura.

Por isso, em grande parte dos casos, elas conseguem até mesmo fazer uma redução das medidas da cintura, além de destacar certas características como os seios e as curvas do quadril.

Apesar destes benefícios estéticos, a cinta modeladora não é usada apenas com este objetivo. Ela traz também boas consequências para a saúde e a postura de quem a usa, além de ser muito recomendada por profissionais no momento de recuperações de cirurgias.

A cinta modeladora na recuperação de cirurgias

Muitos médicos recomendam o uso da cinta modeladora após diversos tipos de cirurgia. Entre elas estão:

  • Lipoaspiração: Uma operação estética que visa a remoção superficial das gorduras concentradas. O procedimento pode ser feito de diversas formas, como uma cânula e um aspirador;
  • Lipoescultura: Também usa a gordura do próprio corpo, mas com o objetivo de remodelar certas partes específicas, como o bumbum, as coxas ou os seios;
  • Abdominoplastia: Outra cirurgia que visa remover as gorduras e a pele de certas áreas do corpo, porém com um método um pouco diferente;
  • Redução de estômago: A cirurgia de redução de estômago, seja qual for a técnica usada, traz um impacto nesta região do corpo, necessitando de uma proteção extra.

A cinta modeladora não somente ajuda no processo de recuperação, como pode também garantir que a operação seja mais eficiente, apresentando melhores resultados. Por conta disso, certos médicos até consideram a cinta como parte integral do procedimento.

Ela é importante porque permite aplicar uma pressão razoável na área operada, ajudando a fixar a pele de acordo com os objetivos da cirurgia. Assim, ela não se descola de maneira desnecessária e exagerada, o que resulta em um processo de cicatrização menos eficaz. Também são evitadas certas complicações pós-cirúrgicas que podem ocorrer.

Outro efeito que a cinta ajuda a combater é a flacidez. Esse processo é natural, apesar de ser bastante incômodo. Com o acessório, pacientes que passam pela cirurgia se sentem um pouco mais seguras tanto do ponto de vista estético quanto funcional.

É normal ter um excesso de cuidado no processo pós cirúrgico, pelo medo de causar danos na região. Porém, a cinta reduz essas preocupações, diminuindo consideravelmente os riscos de lesões.

Como usar a cinta no processo pós-cirúrgico?

Para usar esse acessório e ter um processo pós-cirúrgico mais tranquilo, o ideal é sempre consultar o seu médico. Converse com o profissional e peça as suas indicações sobre o uso da cinta. Por conhecer melhor o seu caso, ele será capaz de fazer o procedimento de maneira exata.

Mas, de maneira geral, a cinta é recomendada por pelo menos 30 dias após a operação. Em casos de tempo de recuperação maiores, ela pode ser usada em conjunto com uma placa contensora, que irá trazer ainda mais proteção. Ela também evita que a cinta deixe marcas, ou que fique muito tempo pressionando a mesma região.

Um grande objetivo da cinta é permitir uma postura melhor ao paciente. Com isso, o abdômen e todos os músculos da região operada têm uma sustentação maior, e a postura mais reta e uniforme significa que a área operada não será pressionada.

Como dito acima, a melhoria na postura não é útil apenas no pós-cirúrgico. O acessório ajuda a manter uma postura adequada por grande parte do dia, diminuindo consideravelmente as dores nas costas, que podem ser bem incômodas.

Ela também tem um forte impacto estético, pois permite uma posição mais natural e uma silhueta mais atraente, evitando o aspecto de corcunda.

Os cuidados com o uso da cinta

A cinta também demanda certos cuidados. Por ser um material de compressão que irá ter um contato direto com o corpo por bastante tempo, é preciso garantir que o uso é o ideal. Primeiramente, é preciso ter bastante cuidado na hora de vesti-la. É raro, mas pode acontecer de a pele se dobrar por baixo da cinta, de forma que o paciente não perceba. Esse problema pode deixar uma marca difícil de ser removida.

Além disso, é preciso que a compressão seja adequada. Se isso não ocorrer, existe uma tendência de que a pele seja preenchida com o líquido gerado no edema, dificultando a cicatrização e contribuindo para o aspecto flácido mencionado acima.

Por outro lado, uma compressão maior do que a recomendada pode levar a uma dificuldade da circulação, especialmente para o local afetado. Evidentemente, isso é grave, pois o local precisa de sangue para se recuperar da maneira ideal.

Felizmente, as cintas são muito simples de colocar e regular, o que significa que você dificilmente irá passar por esses problemas. E mesmo assim, para se sentir um pouco mais seguro, você pode levá-la para o médico para que ele a ajude no ajuste.

Portanto, converse sempre com o seu médico após a cirurgia para que ele possa tirar todas as suas dúvidas, como a forma de usar a cinta, o tempo de uso e qual é o modelo mais recomendado.

O uso das cintas modeladoras

Como vimos, a cinta modeladora é um componente essencial da recuperação de um processo cirúrgico. Mas, ela ainda pode ajudar no momento da gravidez e também podendo ser usada para fazer exercício. Ou seja, é um acessório completo que ajuda as mulheres não somente a terem mais beleza e se sentirem melhor, mas a terem mais saúde e qualidade de vida.

Se quiser conhecer outros usos da cinta modeladora, acesse o nosso blog e entenda tudo sobre esse acessório. Caso queira aproveitar os benefícios da cinta para a sua saúde, confira a nossa galeria de produtos.