cinta modeladora

Puerpério: o que é e quanto tempo dura

A vida depois da gestação é repleta de descobertas, felicidades e sentimentos. Porém, também é um período cheio de incertezas, desafios e insegurança. Além do cuidado voltado ao recém-nascido, essa também é uma etapa em que a mulher vai se reencontrar com seu próprio corpo e lidar com inúmeras transformações emocionais, físicas e hormonais.

O puerpério desperta diversas dúvidas, o que é bastante comum. Sendo assim, discorremos informações relevantes sobre esse assunto nos tópicos a seguir.

Continue acompanhando esse artigo com atenção para entender melhor sobre o tema.

Boa leitura!

Afinal, o que é puerpério?

Entenda que o puerpério é o período que ocorre durante o pós-parto, portanto, são todas as transformações emocionais e corporais enfrentadas pela mulher ao decorrer dessa fase da vida.

Saiba que tudo vai mudar: o corpo modifica, os hormônios se alteram, as necessidades passam a ser outras e o ambiente deixa de ser o mesmo, uma vez que há um bebê na vida dessa mulher.

Tudo é novo, o pequeno ser humano também está vivenciado a nova etapa de sua existência, descobrindo como é o mundo fora do ventre da mulher que o gerou.

De forma geral, o puerpério é a etapa da vida da mulher em que ela se recompõe da gravidez e isso ocorre seja na perspectiva hormonal, seja em aspectos emocionais e corporais.

Esse momento se inicia após o parto da criança, justamente por essa razão que é comum que a mulher esteja sempre disposta em proteger seu pequenino e entregar tudo o que for necessário, até mesmo, deixando suas necessidades de lado.

Como enfrentar esse período da vida?

É essencial que para vencer esse período, a mulher conte com a ajuda de uma rede de apoio. Além disso, é fundamental eliminar a autocobrança, ou seja, evitar tentar ser a mãe perfeita e realizar todas as responsabilidades.

Ser resiliente para lidar com qualquer eventualidade é fundamental.

É uma fase que não deve ser esquecido o bem-estar da mãe, afinal, a qualidade de vida do bebê depende bastante dessa figura. Sendo assim, é necessário se fortalecer tanto emocionalmente, como também fisicamente para que seja uma etapa de prazer e sem problemas.

Leia também: Saiba como se preparar para o pós-parto

Quanto tempo o puerpério dura?

É comum que o puerpério perdure durante 45 dias no mínimo. Entretanto, não dá para entender com precisão a quantidade de tempo que esse momento vai durar.

Em mulheres que acabam amamentando ao decorrer de um período extenso, por exemplo, o puerpério pode ser algo que dure muito mais que apenas um mês e meio, pois, o corpo feminino continua se transformando devido à amamentação.

Isso ocorre, uma vez que de acordo com os critérios médicos, o puerpério finaliza no momento em que a mulher retorna ao processo de ovulação e a sua função reprodutiva se estabelece novamente e evidenciar que o corpo volta a ser o mesmo como a vida antes da gestação.

Quando a mulher não amamenta, a primeira ovulação pode ocorrer entre a 6ª e 8ª semana depois de dar à luz.

Enquanto isso, as mulheres que passam a amamentar de forma exclusiva, ou seja, quando o neném se alimenta exclusivamente do leite materno, acaba sendo muito mais complexo compreender quando vai acontecer a ovulação novamente.

Consequentemente, o puerpério é algo que pode durar muito mais tempo, de 6 a 8 meses, logo, quando o bebê deixa se alimentar apenas com o leite e consome de outras fontes, certamente, a ovulação pode acontecer, porém, depende da frequência em que a mamada ocorre.

As fases do puerpério

O puerpério pode ser separado em três fases conforme a literatura médica:

1. Puerpério imediato: Do 1º ao 10º dia;
2. Puerpério tardio: do 11º ao 42º dia;
3. Puerpério remoto: Começa no dia 43º dia ou depois.

Esse conteúdo te ajudou a entender melhor sobre o assunto? Continue acompanhando as nossas postagens!