cinta modeladora

Quais são e como usar os diferentes tipos de cinta modeladora que existem?

Há muito que as cintas modeladoras se tornaram queridinhas entre as mulheres. Aliadas da redução de medidas da cintura, hoje possuem uma variedade de modelos. Cada modelo promete ajudar de uma forma diferente.

Veja as vantagens que ela pode oferecer para o seu corpo:
• Redução de medidas;
• Adaptação do corpo pós-gravidez;
• Melhoramento da sua postura;
• Auxílio na sua recuperação após uma cirurgia.

Então, a cinta modeladora ajuda mesmo a alcançar o sonho de obter uma cintura mais fina? Para quem usa de forma correta, de modo que não existe chances de apertar os órgãos, ela funciona muito bem para a obtenção das metas desejadas. Não é segredo que esse é o motivo campeão para o seu uso.

E quanto ao melhoramento de postura? Com o seu uso diário, pouco a pouco o seu corpo não ficará mais encurvado. Será possível notar com o tempo uma coluna mais ereta.

Após um parto, por exemplo, a cinta modeladora ajuda o corpo a voltar ao normal e perder o inchaço. Também é de excelente valia para quem operou da coluna ou fez procedimentos estéticos no abdome.

Fez lipoaspiração ou abdominoplastia? O uso da cinta certamente ajuda a deixar a pele mais rígida e colaborará na recuperação.

Tem dúvidas sobre como escolher o modelo que considera melhor? Sempre vale a pena consultar especialistas que poderão dar aquela orientação. O próprio cirurgião fará recomendações, no caso de ter feito uma operação.

Modelos mais populares

Embora haja uma gama de modelos, os mais conhecidos e populares entre as mulheres ainda são a cinta abdominal e o camisete. Neste caso, vale a pena entender como funciona o uso de cada um dos dois estilos de cinta modeladora.

Cinta abdominal

Quando se fala neste modelo de cinta, como o próprio nome sugere, se trata de um produto que é feito para envolver toda a região da cintura e comprimir o abdome. A cinta abdominal é bastante indicada para quem quer esconder gordurinhas localizadas na cintura.

Quer usar aquela blusinha ou vestido mais justinho? A cinta abdominal não só vai esconder os seus pneuzinhos, como também é versátil no uso. Ou seja, pode ser colocada embaixo de qualquer peça de roupa.
Ademais, hoje em dia são produzidas variedades dessa peça. Alguns modelos trazem até alças para tornar o uso mais prático.

Camisete

O abdome nem sempre é o único foco da modelagem. No caso desse modelo, ele comprime tanto a localidade do estômago quanto dos seios. Dá para ficar com toda essa região definida.

Uma das grandes vantagens do camisete é que não atrapalha na hora de ir ao banheiro, pois o seu fechamento não é entre as pernas. Para quem quer ir a um evento ou uma festa, pode ficar livre de preocupações.

Vale a pena tomar cuidado para que a peça não enrole por baixo da roupa. Todavia, a facilidade do seu uso costuma arrebatar muitas fãs.

Há outros modelos de cinta modeladora com diferentes finalidades. Confira a seguir outros estilos que podem ser inspiradores, além de trabalhar regiões diferentes do corpo.

Body

Sabia que a cinta em forma de body é a que promove a maior compressão no corpo? O fato de ela apertar os seios, a cintura, o bumbum e as cochas, faz com que seja uma possibilidade interessante.

Os bodies para modelação costumam ser peças bonitas e elegantes. São interessantíssimos para quem ousar com uma peça decotada, além de combinar bem com vestidos.

A única desvantagem da peça é que pode trazer algumas dificuldades na hora de ir ao banheiro. Nesse sentido, vale a pena optar por bodys com abertura lateral em caso de festas ou eventos maiores.

Além disso, nem todos cobrem a região das cochas. Por isso, é sempre bom avaliar quais as suas necessidades antes de optar pela compra desse modelo.

Bermuda

Quer disfarçar as celulites e gordurinhas da região entre as nádegas e as coxas? E, de quebra, minimizar o volume da barriga? As bermudas são opções interessantes para isso.

Mesmo o modelo de bermuda possui variantes. Por exemplo, é possível tanto encontrar modelos mais curtos, como encontrar opções cuja modelagem vai até o joelho. Ou seja, tem para todo gosto, tamanho e necessidade.

Esse modelo é bastante indicado para uso pós-parto. O motivo é que ele costuma ser fácil de colocar e compreende a região afetada pela gravidez, inclusive em caso de partos como cesariana.

A dica é que esse modelo harmoniza muito bem com calças. Aliás, evita até o desgaste interno delas, que costuma ocorrer com quem tem coxas muito volumosas. Só quem passa por isso sabe o quão desagradável é o rasgo do jeans nessa região.

Contudo, usá-la com calças não é uma regra. Longe disso! Pode ficar à vontade para combinar com outros looks.

Calcinha

Outro modelo de cinta modeladora que está com tudo no momento é aquele com formato de calcinha. O seu cós alto não só promove a compressão da região, como ainda dá aquela valorizada no bumbum.

Quem nunca quis dar aquela empinada no bumbum? A possibilidade de deixá-lo com aspecto mais firme ganha cada vez mais adeptas, ao passo que se trata de um item confortável, discreto e que se adapta bem para qualquer evento social.
Quer mais uma sugestão? A modelagem calcinha pode ser usada tanto sozinha como por cima da sua lingerie. Mais uma vez é um caso no qual a sua preferência é quem manda!

Logo, é possível encontrar toda essa variedade de modelos apresentados, no que diz respeito à cinta modeladora. Mas, será que existe um modelo ideal? Qual o melhor modelo?

A resposta é: depende do seu objetivo. Cada um traz um benefício e atende a uma questão diferente do seu corpo. Entretanto, vale a pena escolher o tamanho certo para que não haja o risco de não comprimir o bastante, ou de comprimir demais.

Gostou de algum modelo em especial? Ficou com vontade de ver as variedades entre cada um deles? Acesse o nosso catálogo e veja toda a linha de produtos que temos a oferecer.