cinta modeladora

X riscos que o uso excessivo de cinta modeladora pode trazer para a sua saúde

A cinta modeladora surgiu como uma solução para reduzir as medidas e auxiliar no processo de pós-cirurgia. O problema é que seu uso frequente está associado a diversos riscos para a saúde do seu corpo.

Neste artigo, você conhece, além de outras informações, 6 riscos que a cinta modeladora pode trazer quando usada excessivamente. Confira!

Qual é a origem da cinta modeladora?

Vamos começar do início, está bem? A cinta modeladora é uma adaptação de dois itens que existiram há muito tempo. Um deles é o corselete, usado em grande escala no século XIV, e o outro é o espartilho, lembrado até hoje como sinônimo da Idade Média, onde as mulheres comprimiam o corpo com a ferramenta para caber em vestidos.

Esses dois itens tinham a intenção de corrigir a postura e principalmente afinar a cintura, fazendo com que fosse criado um suporte para os seios e o corpo da mulher tivesse suas curvas acentuadas. Mas e hoje, para que a peça é utilizada?

Para que é utilizada a cinta modeladora hoje?

Além de ser um item usado para reduzir medidas, a cinta modeladora também é usada em outros casos. O seu uso é encorajado pelos médicos quando a mulher ou o homem passa por uma cirurgia abdominal.

Isso porque a cinta modeladora ajuda a cicatrizar a marca da cirurgia e pode servir como precaução para o surgimento de hérnias. Mulheres que tiveram seus bebês de parto cesáreo e pessoas que passaram por procedimentos como lipoaspiração normalmente conseguem prescrição médica para o uso da cinta.

Ainda assim, se você está planejando comprar uma cinta modeladora, é preciso tomar muito cuidado porque, embora haja um uso recomendado e estimulado pelos médicos, é preciso seguir as orientações para que complicações não sejam geradas. Quer saber quais são elas? Veja o tópico abaixo.

6 riscos de usar a cinta modeladora excessivamente

Diferentemente do que algumas pessoas fazem, a cinta modeladora não pode ser usada, de forma alguma, por mais de 8 horas por dia. Caso isso aconteça, o que chamamos de “uso excessivo”, é possível que a pessoa sofra de diversos problemas de saúde (até mesmo fatais), como os descritos abaixo.

1. Refluxo gástrico

A peça comprime o abdome e a região pulmonar, o que pode causar azia e queimação. Se esse problema parece ruim, prepare-se para os próximos, pois o refluxo gástrico é o menor dos problemas que podem ser causados com o uso excessivo da cinta.

2. Flacidez abdominal

O uso diário da cinta modeladora pode fazer também com que os músculos abdominais e da lombar sejam impedidos de se desenvolverem, o que torna toda a região flácida.

3. Trombose

A possibilidade de trombose quando se usa a cinta modeladora por muito tempo é real porque, juntamente por comprimir as estruturas abdominais, é possível atingir a veia cava, dependendo da intensidade da pressão, e isso pode causar a coagulação sanguínea dos membros inferiores.

A trombose dos membros inferiores é pior do que você pode estar pensando, pois se não tratada, pode causar embolia pulmonar, que é um quadro que pode levar a pessoa à morte.

4. Fraqueza da musculatura estabilizadora

A musculatura estabilizadora é aquela composta pelos multífidos e o transverso abdominal. Usar a cinta modeladora de vez em quando não costuma causar problemas, mas o uso em excesso pode enfraquecer essa musculatura.

Isso acontece porque, ao usar a cinta, você “ensina” o seu corpo a se sentir confortável com a situação de estabilidade que a peça passa a você, e aí ele diminui o ritmo de trabalho até se tornar inativo. Se sua musculatura estabilizadora enfraquecer, pode ser necessário fazer sessões de fisioterapia para voltar a ativá-la.

Se você está usando a cinta modeladora e consegue perceber o enfraquecimento nos músculos dessa estrutura, deve procurar ajuda médica o mais rápido possível, ok? Assim, você evita uma complicação mais séria.

5. Falta de oxigenação no sangue

A hipóxia pode acontecer com quem usa a cinta modeladora para fazer exercícios físicos e musculação. Como a cinta impede que a caixa torácica se amplie, isso pode diminuir o nível de oxigênio no sangue.

A hipóxia, se ficar mais grave, pode desenvolver uma anoxia, que deixa o indivíduo na conhecida zona de morte, sem ou quase sem transportar oxigênio, o que pode prejudicar atividades simples, como falar e andar. Provavelmente não chegará a isso, mas a possibilidade é assustadora, não é?

6. Problemas de circulação sanguínea

O uso excessivo da cinta modeladora ainda pode causar problemas de circulação sanguínea, porque a peça passa a obstruir a passagem de sangue. Isso, por sua vez, pode causar problemas como varizes, inchaço e compressão dos órgãos.

Resumindo, vale ou não a pena utilizar?

Antes de tudo, é preciso tomar nota que apenas a cinta modeladora pode não ser o suficiente para atingir as suas expectativas, caso você queira usar por estética. Ela pode ser uma excelente auxiliar, mas seria preciso também optar por uma alimentação saudável e exercícios físicos regulares.

Em segundo lugar, é preciso tomar um cuidado excessivo com o uso da cinta modeladora. Ela pode trazer bons resultados, mas é a sua saúde que está em jogo, então saiba usar. Como explicado mais acima, a cinta é mais recomendada para quem fez cirurgia na região do abdome.

O terceiro ponto é que é preciso ter cuidado com a qualidade da cinta modeladora que você adquire. Nossa empresa, Miracle Belt, é uma empresa brasileira que fabrica cintas modeladoras tanto para mulheres quanto para homens. Nossas cintas têm um alto poder de compressão e uma excelente qualidade.

As cintas modeladoras da Miracle Belt são recomendadas para o uso diário, não mais de 8 horas por dia, e conta com diversas vantagens. Em primeiro lugar, é confortável, então, não dobra, não enrola e não machuca. Além disso, não deixa a roupa marcada.

O uso frequente do nosso produto modela sua cintura e o uso imediato, por sua vez, reduz até dois números, diminuindo a linha da cintura. É ideal para quem quer melhorar a postura, para as mulheres que estão se recuperando do pós-parto, para quem se recupera do pós-cirúrgico, e para você que quer vestir um número menor.

Contamos com valores acessíveis, despacho de produto bastante rápido e diversas opções para se adequar à sua necessidade. E aí, gostou? Então, dê uma olhada nos nossos produtos!

FONTES:

Aviso: A cinta modeladora não reduz medidas e pode prejudicar a saúde

https://fortissima.com.br/2016/05/05/confira-4-motivos-para-nao-usar-a-cinta-modeladora-14828167/

https://noticias.r7.com/saude/uso-diario-de-cinta-modeladora-pode-causar-flacidez-abdominal-02072018

Cinta modeladora: entenda como a tendência que está bombando entre as celebridades funciona

https://www.minhavida.com.br/saude/temas/trombose

https://www.abc.med.br/p/sinais.-sintomas-e-doencas/829194/o que voce sabe sobre hipoxia.htm