cinta modeladora · pós parto

7 motivos para as mamães utilizarem uma cinta pós-parto

Apesar de não ser obrigatório, o uso da cinta pós-parto pode trazer inúmeros benefícios para a gestante, promovendo mais conforto após o nascimento do bebê e trazendo uma sensação de segurança e comodidade para a mulher. Descubra aqui, sete motivos para utilizar esse acessório e escolha já o seu:

Por que devo utilizar a cinta?

1. Auxilia a reorganizar os órgãos

Após o parto, é natural que o útero ainda fique muito grande e que os órgãos levem um tempo para voltarem para suas posições originais. Assim, com o uso da cinta, é possível que ela auxilie nesse retorno, reorganizando tudo em seus devidos lugares e contribuindo para que a mulher tenha mais conforto.

2. Garante um abdome firme

É muito comum que algumas mulheres sintam que a barriga está solta após o nascimento dos seus filhos, especialmente, porque demoram alguns meses para que ela volte ao tamanho normal que possuía antes da gestação. Dessa maneira, ao optar pelo uso da cinta, o acessório irá garantir um abdome mais firme durante o período de uso, ajudando no combate à flacidez.

3. Adeus, inchaço!

Depois de dar à luz, é frequente que as mulheres apresentem inchaço, especialmente na primeira semana. Por isso, para combater esse sintoma, a cinta é extremamente bem-vinda. Ela é capaz de diminuir esses edemas, manter tudo no lugar e ajudar na recuperação.

4. Autoestima é fundamental

Mesmo que seja um efeito temporário, apenas enquanto a mulher está utilizando a cinta, o seu uso é capaz de deixar a silhueta mais modelada e fina. Pode parecer um ato simples, mas muitas mamães sentem uma queda brusca na autoestima durante esse período, e auxiliá-las a se sentirem mais enxutas e bonitas com o uso do acessório, é uma forma eficaz de atingir dois objetivos: a recuperação do amor próprio e um corpo mais elegante.

5. Evita o seroma

Você já ouviu falar no seroma? Ele é o acúmulo de líquido no local da cesariana, deixando a cicatriz mais alta que o normal e se transformando em uma complicação. Para evitar que isso aconteça, o uso da cinta pode ser fundamental, garantindo que a compressão irá impedi-los de se formarem.

6. Promove mais segurança

O corpo ainda fica muito sensível após o parto. Por isso, toda e qualquer chance de sentir-se segura é essencial, ao longo desse período. Com o uso da cinta modeladora, a mulher consegue se sentir mais apta para movimentar-se, locomover-se, sentar-se e levantar-se, com tranquilidade, caminhar e até tossir sem medo de que os pontos – em caso de cesárea – se abram.

Essa técnica faz toda a diferença nos primeiros dias, e pode ser ótima para uma recuperação calma e sem agitações, trazendo estabilidade e sustentação.

7. Uma nova coluna

Sabe aquelas dores insuportáveis na coluna? Elas normalmente ocorrem, porque os músculos do abdome ficam enfraquecidos ao longo do parto e, como visto acima, isso já estará sendo trabalhado com o uso da cinta. Para melhorar a situação, o acessório ainda dará suporte para manter suas costas eretas, o que vai ajudar a amenizar o incômodo.

Quais cuidados devo ter?

Para quem já se decidiu e acha fundamental fazer o uso de uma cinta pós-parto, é preciso ter em mente que alguns cuidados são necessários para utilizá-la. Antes de tudo, é importante que a gestante, ao longo de sua gravidez, converse com o médico a respeito desse desejo de fazer o uso do acessório.

Juntos, os dois podem chegar a um consenso sobre a existência ou não dessa demanda, sobre os bens que essa utilização pode trazer e sobre os períodos que a mulher deve permanecer com esse produto.

Geralmente, não é recomendado o uso constante ou prolongado, uma vez que os movimentos musculares que ocorrem no abdome podem ficar um pouco mais difíceis e também, porque as cintas, naturalmente, alteram o fluxo sanguíneo, visto que boa parte do corpo fica comprimida nela.

Sendo assim, o mais recomendado é que a cinta não seja muito apertada e que tenha um tamanho confortável para dar mobilidade e conforto para a mãe, sem causar machucados e incômodos, especialmente durante as horas de sono.

Em alguns casos, inclusive, o ideal é que a mulher faça esse uso por um período de dois a três meses, mas esse espaço de tempo deve ser de comum acordo com o especialista, e baseado nas orientações que esse profissional dará, tendo como princípio as necessidades da paciente.

Onde comprar a minha?

Se você está procurando por uma cinta modeladora de qualidade, a Miracle Belt é o lugar perfeito para você. Fabricante desse produto, a empresa garante alta compressão em todas as suas peças e possui renome no mercado, fazendo a diferença na vida de milhares de pessoas.

Suas cintas são ideais para o uso diário, porque são extremamente confortáveis, não machucam a usuária, não dobram ou enrolam no corpo, não marcam sob a roupa e ainda possuem um tecido forte, que vai ajudar a comprimir tudo o que você precisa.

Ah, e tem mais! Sabe todos aqueles benefícios citados acima? A Miracle Belt garante! As cintas produzidas por essa equipe reduzem de imediato a sua linha de cintura, dando mais silhueta nesse momento em que a mamãe precisa se sentir bonita, corrige sua postura, alivia grande parte das dores nas costas e, o melhor, acelera a recuperação pós-parto.

Que tal conhecer agora mesmo? Acesse o site para conferir todos os modelos feitos para quem acabou de dar à luz e encomende a sua pela loja online. E, caso more em outra região, não precisa se preocupar. O frete é grátis para todo o Sul e Sudeste. Aproveite!

Não deixe de conferir também, os outros artigos disponíveis no blog. Todos são produzidos com o intuito de promover conteúdos de qualidade e inovadores, para levar informação e conhecimento para os clientes da Miracle Belt.